segunda-feira, 28 de maio de 2012

CAMBONENSE ENLUTADO

Companheiros Cambonense.

Neste último final de semana, assistimos pela mídia, mais
uma vez, estarrecidos, o assasinato pelas costas de um
cidadão, desta feita em pleno "Passeio Vera Arruda"
O motivo? O roubo de uma bicicleta que o cidadão usava
para seu lazer, quando retornava para sua residência.
Polícia? Onde?
Resposta da polícia? A de sempre: "fazemos rondas na
área, etc, etc" Balela.
Todos sabemos que quando se liga para um posto policial
a resposta parece até gravada: "estamos sem veículo", ou
"estamos sem gasolina" ou "estou só e não posso abandonar
o posto"
É um absurdo!!!!!
O cidadão precisa de proteção e para tal paga imposto que
reverte no salário dos policiais, exatamente para que essa
proteção seja efetiva, firme, sem vacilos ou conversa fiada.
Pois bem companheiros.
O cidadão atingido, dessa vez, foi o companheiro JOSÉ
ALFREDO, camb onense, cidadão pacato, médico, educado,
excelente companheiro e que vem a ser irmão do grande
companheiro CITO.
Esse assasinato já está tendo grande repercussão e espera-se
que o Governo acorde, saia do discurso de uma vez por todas
e ponha em prática um programa que vise proteger o cidadão
que já foi "obrigado" a se desarmar, enquanto que os marginais
deitam e rolam impunemente e fortemente armados e am bandos.
CITO, receba dos seus companheiros Cambonense os nossos
pêsames, ao tempo que solicitamos informar dia, hora e local da
missa de 7º dia.
Náh.

Um comentário:

  1. Lamentável e triste, é só que posso dizer do assassinato covarde do companheiro José Alfredo; ao amigo Francisco Vasco, Cyto, meus sinceros pêsames pela perda irreparável.

    ResponderExcluir